A rebeldia do precariado

Trabalho e neoliberalismo no Sul global de Ruy Braga

Ruy Braga

Em seu novo livro, o sociólogo Ruy Braga busca fundamentar etnograficamente a crise da globalização neoliberal iniciada em 2008, a partir da comparação entre três países – Portugal, África do Sul e Brasil. A rebeldia do precariado propõe compreender as resistências populares às políticas de espoliação social que acompanham a difusão do neoliberalismo e da precarização do trabalho na semiperiferia do sistema. Para tanto, recorre ao arcabouço teórico marxista na tentativa de interpretar tanto os avanços da mercantilização do trabalho, da terra e do dinheiro quanto as novas formas de insurgência contra a espoliação protagonizadas pelo precariado urbano.

A rebeldia do precariado é primeira obra na história da sociologia brasileira a comparar três países em três continentes diferentes apoiando-se tanto no marxismo quanto em etnografias da condição proletária. Além disso, em termos internacionais, trata-se de um livro pioneiro que se propõe a interpretar a crise da globalização iniciada em 2008 a partir da prática política e das formas de resistência do precariado urbano.

Ruy Gomes Braga Neto é um sociólogo brasileiro, especializado em sociologia do trabalho. Professor livre-docente da USP, foi vice-diretor do departmento de sociologia da USP (2005-2009), dirigiu o Cenedic entre 2007 e 2010 antes de ter indicado, com Chico de Oliveira, o cientista político André Singer para a posição. Atualmente preside a Comissão Geral de Recusros Humanos da FFLCH-USP e coordena, com Marco Aurélio Santana, o grupo de trabalho da Sociedade Brasileira de Sociologia, Sindicato, trabalho e ações coletivas. Sua tese de livre docência A política do precariad foi finalista do prêmio Jabuti 2013 na categoria de ciências humanas, quando de sua publicação pela Boitempo. Editor das revistas Outubro e Societies Without Borders, é colunista do Blog da Boitempo, com o qual colabora mensalmente às segundas.

Ruy Braga estreia nova série sobre o precariado na TV Boitempo
Sociólogo conduz leitura comentada de sua obra A rebeldia do precariado: trabalho e neoliberalismo no Sul global no canal da Boitempo no YouTube.

Ficha:
autor: Ruy Braga
orelha: Guilherme Boulos
quarta capa: Vladmir Safatle
André Singer
prefácio: Michel Cahen
edição: 1ª coleção: Mundo do Trabalho
selo: Boitempo Editorial
idioma: Português
páginas: 269
formato: 23cm x 16cm x 2cm
peso: 432 gr
ano de publicação: 2017
encadernação: Brochura
ISBN: 9788575595565
Comprar

Serviço:
Editora Boitempo
(11) 3875-7250
https://www.boitempoeditorial.com.br/



 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.